:: Terça-feira , 30 de Junho de 2009 às 16h06
::  

 

 

O que seria o ideal: encontrar uma pessoa igual a você, que possa compartilhar e conversar sobre todos os assuntos, ou uma pessoa diferente, que faça uma complementação?
Esse foi o assunto que conversei com o Diet  Eu não soube responder com precisão. Acho que é legal estar com uma pessoa diferente, que contribua culturalmente e te faça crescer. Mas acho interessante ficar com quem compartilha tudo, também. A conversa acabou numa pergunta que todo mundo faz um dia: o que nos faz feliz?
Descobri que são poucas coisas. A gente quer uma família, mas não pensa em como criar os filhos. Não pensa que criança dá um trabalho danado, que tem que limpar fraldas, lavar roupa, cuidar da escolinha, que eles viram adolescentes respondões e muitas vezes refletem exatamente aquilo que a gente fugiu a vida inteira de descobrir: nós mesmos.
Seria melhor adotar um cachorro.
A gente quer um parceiro para casar, mas esquece que casamento é construir algo todos os dias. Não é só ficar juntos, mas é cultivar alguma coisa com alguém. Dá um trabalhão danado, mas eu juro que tem gente que esquece que a esposa ou o marido é gente depois de assinar o papel.
A gente sonha em ser um publicitário, advogado, se formar, ganhar fortunas, prêmios. Não pensa em ser humilhado pelo chefe, em não poder sair num dia de sol lindo, em ser demitido, naquele colega pé no saco e incompetente que a gente quer matar.
A gente quer trepar com todo mundo e não pensa no dia seguinte.
A gente quer viver, mas não quer pensar em conseqüências.
Viver é estar ao lado de pessoas. Não importa se são iguais ou diferentes. Importa, sim, saber conviver com todas elas. E saber que depois de um Happy End, tem outra história para acontecer.

 


 * Lady Clementine *

 


:: Domingo , 28 de Junho de 2009 às 00h40
::  

 

 

 

Eu quero sorrisos, músicas, carinhos e presentes. Eu quero algodão doce, maçã do amor, jujubas e pipoca. Quero brisa em dia quente e cobertor no dia frio. Eu quero me sentir bem. Quero surpresa, descobertas, inspirações, insights. Eu quero criatividade, originalidade, cores. Eu quero mais. Mais de tudo que é bom. Eu quero farra, rir até doer a barriga e mais borboletas no estômago. Quero encontrar coisas que me façam rir. Quero me sentir tão bem como nunca me senti antes. E então, desejar me sentir tão bem como nunca me senti antes novamente. Quero expansão, liberdade, felicidade. Quero café quente, quero xícara colorida, cheiro de comida de mãe, cafuné no cabelo. Eu quero dinheiro, muito dinheiro. Uma chuva de dinheiro cai sobre minha cabeça agora e eu acho super divertido. Eu quero sentir. Sentir essa energia maravilhosa que movimenta tudo. Quero deixar que ela flua através de mim. Eu quero estender a mão. Eu quero andar de mãos dadas. Quero abraços e beijos surpresa. Quero ver beija-flores e também beijar as flores. Quero dizer sim, incrível, uau, várias vezes ao dia! Quero encontrar formas engraçadas nas nuvens. E quando não tiver nuvens, imaginar que estou desenhando no céu - O fundo azul deixa qualquer desenho bonito! Quero ver filmes lindos e sorrir com a beleza de todo mundo! Quero acarinhar minha cachorra e sempre sorrir com suas poses fofas. Quero novos amigos. Quero sonhos que me façam sonhar acordada e acordar rindo. Quero ser portadora de boas novas e embaixadora da alegria! Quero conhecer lugares novos. Quero me entusiasmar. Quero cantar, cantar muito. E costurar! Eu quero CRIAR. Criar o que for, eu gosto disso, eu nasci pra isso, eu vivo pra isso. Eu quero reflexão, meditação, paz. A paz de saber que eu me amo profundamente e amo estar em minha companhia. A paz de Deus. E de viver como quem saboreia algo delicioso. Minha vida é deliciosa… Quero mais, muito mais de tudo que é bom. 

… e você? Quer o quê?

 

 


:: Terça-feira , 23 de Junho de 2009 às 15h46
::  


VIVA A VIDA - (Alfred Henfil)

"Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade.

 

Mas sempre havia um obstáculo no caminho, algo a ser ultrapassado antes de começar a viver.

 

Um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.

 

Aí sim, a vida de verdade começaria.

 

Por fim, cheguei a conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade.

 

Essa perspectiva tem me ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade.

 

A felicidade é o caminho!

 

Assim, aproveite todos os momentos que você tem. E aproveite-os mais se você tem alguém< especial para compartilhar, especial o suficiente para passar seu tempo; e lembre-se que o tempo não espera ninguém.

 

Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade;

 

até que você volte para a faculdade;

 

até que você perca 5 quilos;

 

até que você ganhe 5 quilos;

 

até que você tenha tido filhos;

 

até que seus filhos tenham saído de casa;

 

até que você se case;

 

até que você se divorcie;

 

até sexta à noite;

 

até segunda de manhã;

 

até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;

 

até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;

 

até o próximo verão, outono, inverno;

 

até que você esteja aposentado;

 

até que a sua música toque;

 

...não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO....

 

Lembre-se: Felicidade é uma viagem, não um destino"

 


:: Segunda-feira , 22 de Junho de 2009 às 17h54
::  

 

 


:: às 14h55
::  

 

Quem não gostaria de poder chegar em casa, tomar um banho morno, um café quente com torrada e sentar à mesa da cozinha, abrir um livro saboroso e lê-lo???

Pois esse foi o meu fim de semana, lógico que seccionado pelo show q fui mega, mega máximo do Paralamas do Sucesso....

Mas eu estava tão precisada de ler um livro gostoso, como em tempos atrás estava precisada de um namorado com peito peludo (que por óbvio não encontrei, pois homem com pelo está em extinção), por isso desisti por completo de ter alguém... hahahah brincadeirinha, não foi por isso não...

Mas como eu ia dizedo - pelamordedeus, como a gente divaga quando entra um homem de peito peludo na cabeça... - sentei-me com uma caneca de café fumegando e comecei a ler Comer, Rezar e Amar...

Meu Deus, que escritora incrivel!!!

Ela parece conversar com a gente, e do mesmo modo como divagamos ao conversar, a Elizabeth Gilbert divaga ao desfiar a história dela no livro... Muito, muito interessante.

Algumas amigas blogueiras comentaram a respeito do livro, mas como eu não estava inspirada para comprar livro algum antes, deixei para o momento certo, em que a gente se pega com o comichão nos olhos para ler algo que realmente seja interessante.

Pois então, foi assim, sentada em minha cozinha branca e preta, na mesinha branca, com a caneca saindo fumaça, dei o start no meu fim de semana zen...

Fico por aqui, na esperança de poder escrever mais esta semana.

Se alguém de vocês leu o livro, e gostou, poste um comments com sua opinião.


Beijos mill

 

 


:: Sexta-feira , 19 de Junho de 2009 às 22h28
::  

VAMOS....Brincar de perguntar coisinhas ??!....

 

 

1. Nome Completo?
Monica Alfonso

2. Porque lhe deram esse nome?
Minha mãe grávida de mim, foi ao cinema e a atriz principal espanhola se chamava Monica

3. Você faz pedidos às estrelas?
Eu só acredito em estrelas porque consigo vê-las. Fora isso, só no meu esforço.

4. Quando foi a última vez que você chorou?
Quando recebi flores de uma pessoa mtooo especial em casa....rs..a 1 mês..

5. Gosta da sua letra?
Tenho letra de caligrafia. Isso quer dizer que sim.

6. Gosta de pão como quê?
Requeijão,Peito de Peru,Nutella..hummmmmm

7. Quantos filhos você tem? Como se chamam e quantos anos eles têm?
3 homens lindos....Bruno de 23 anos...Renan de 19 anos e Luquinhas de 17 anos...

8. Se você fosse outra pessoa, seria seu amigo?
Sim, eu sou uma pessoa bacana e tenho bons amigos. Acho que isso é uma referência.

9. Saltaria de bungee-jump?
Com certezaaa...amo td q é radical..rs

10. Desamarra os sapatos antes de tirá-los?
Se tiver cadarço, sim.

11. Acredita que você seja uma pessoa forte?
Extremamente....rs

12. Sorvete favorito?
Cereja, da Troppo Bonno. Avelãs, da Häagen-Dazs. Menta Choco-chip, da La Basque.

13. Vermelho ou Preto?
Ahhh..os dois misturado...rs

14. O que menos gosta em você?
Minha sinceridade..rs..é demaisss..

15. O que mais gosta em você?
Td..me amo..rs..mto!

16. De quem você sente saudades?
Da minha mãe, que é uma mulher deliciosa em todos os sentidos..ela faz falta !

17. Descreva que roupa e calçado esta usando agora?
Meia de lã arco-íris, calça de cetim preto e tricô largo colorido, bem à vonts.

18. Qual foi a última coisa que comeu hoje?
Almoçinho com amigas no shoppis...Saladas e Saladas..rs

19. O que você está escutando agora?
Rhapsody in blue 1.

20. A última pessoa com quem falou ao telefone?
Com a minha amiga Liloca, a Senhora X, onde fizemos planos de dominar o mundo juntas..rs.

21. Bebida favorita?
Aqui: água com gás e guaraná e H2O Tangerina... Fora do Brasil: Ginger Ale e refrigerante de pomelo. AMO!

22. Comida?
A feijoadinha da Petiskeira. Ou o "Combinado Senninha" do Sashiburi.

23. Último filme que viu no cinema e com quem?
A Mulher Invisivel...c/ Luana Piovani...com amigas...o máximo...kkkk... :)

24. Dia favorito do ano?
31 de Dezembro.....amooo ANO NOVO!

25. Inverno ou verão?
Inverno.

26. Beijos ou abraços?
Beijos. Muitos.

27. Sobremesa favorita?
Hummm....a Bomba de chocolate com coco da "Maria Cereja"..TDB

28. Que livro está lendo?
"Porque os homens se casam com as Manipuladoras"..The best!..rsrs..

29. O que tem na parede do seu quarto?
Espelho e dois quadros de Laskime...

30. Filmes favoritos?
A lista é grande, mas adoro filmes de ação,drama,romances e biografias..

31. Onde foi o lugar mais longe que você foi?
Buenos Aires, acho.

32. Uma música?
"Crazy For You"..da minha Musa Madonna....lindas lembranças.

33. Uma frase?
Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências."

 

Bom Fds....!!.....

 

 


:: Quinta-feira , 18 de Junho de 2009 às 12h34
::  


:: Segunda-feira , 15 de Junho de 2009 às 21h45
::  

 

Enquanto o homem representa o esteio e o braço forte

 da família,

a mulher significa o lado terno e de proteção espiritual

 dos lares ciganos.

 Ela quem desempenha um dos

papéis mais importantes na estrutura

 da família,

 o de mãe.


Cabe as mulheres desde cedo cuidarem das tarefas do lar, tornando-o o mais aconchegante e confortável possível,

 seja o lar paterno, seja o seu próprio com o marido.

 As meninas ficam sempre ao redor da mãe auxiliando nos trabalhos de casa,

 ajudando a cuidar dos irmãos menores e aprendendo as tradições e costumes como execução da dança,

 a leitura das cartas e das mãos, a realização dos rituais e cerimônia, os preceitos religiosos.


A mulher cigana tem seu lado feminino marcadamente atraente, colorido e sensual.

Aliás, quando pensamos em ciganos, a primeira imagem que nos vem à mente é a destas

mulheres vestidas com roupas longas e cheias de cor, de cabelos escuros apanhados por lenços coloridos,

 muitas jóias ao redor do pescoço, dos punhos e argolas de ouro

penduradas nas orelhas.


A mulher cigana deve saber cozinhar, cuidar da casa, dançar, dirigir as cerimônias e rituais e saber ler a sorte.

 Ela deve ser de preferência bonita, ter encantos e ser dotada de

atrativos. Caso ela não reúna estes elementos terá pouco valor e talvez somente case se houver algum tipo de convêniencia

para o pai do noivo, como ter um pai influente, rico ou com poder de liderança.


A cigana se casa muito jovem, geralmente ao redor dos quinze anos e deve ser virgem, condição

- aliás considerada fundamental para o matrimônio.

A virgindade será avaliada pelas mulheres mais velhas, pelas mães dos noivos e pela matriarca do clã no dia do casamento,

 sendo a mãe da noiva festivamente cumprimentada caso a filha seja virgem como pede a tradição.

 Se a jovem, o que é muito caro, já tiver tido experiência sexual e não for virgem, será severamente castigada,

o casamento desfeito e deverá haver reparação aos pais do noivo.

 Em razão de tão sérias conseqüências as jovens ciganas se guardam de qualquer contato físico,

 não permitindo que um jovem ou um homem lhes encoste sequer a mão.


As mulheres casadas também são muito pudicas, não dando liberdade para que qualquer homem as toque ou faça qualquer demonstração de afeto físico.

 Até mesmo com seus maridos elas são bastante recatadas,

 em especial em público, pois, os ciganos temem os falatórios maldosos, as más línguas.


Apesar destas atitudes cautelosas tanto as jovens como as mulheres casadas são muito faceiras,

 insinuantes e provocantes, em particular quando dançam.

Elas usam a dança como instrumento de sedução, além da função da dança propriamente dita,

 ou seja, diversão, demonstração de alegria e parte obrigatória das festividades.

 Festa de ciganos sem música e dança não é festa,

e eles são muito festeiros, não perdendo nenhuma oportunidade de tocar seus violões, acordeons,

violinos, cantar e dançar entusiasmadamente agitando pandeiros e batendo palmas, que acreditam ser uma forma de espantar a negatividade,

 abrindo espaço para a positividade.

 

 

OPTCHA!!!!

 

 


:: às 15h19
::  

HABITAT...

 

 

 

MULHER NÃO PODE SER MANTIDA EM CATIVEIRO.
SE FOR ENGAIOLADA, FUGIRÁ OU MORRERÁ POR DENTRO.
VOCÊ JAMAIS TERÁ A POSSE DE UMA MULHER.
O QUE VAI PRENDE-LA A VOCÊ  É UMA LINHA FRÁGIL QUE PRECISA SER REFORÇADA DIARIAMENTE.

 

 

ALIMENTAÇÃO CORRETA...

 

 

 

MULHER VIVE DE CARINHO.
DÊ-LHE EM ABUNDÂNCIA!
É COISA DE HOMEM, SIM.
SE ELA NÃO RECEBER DE VOCÊ VAI PEGAR DE OUTRO.

 

 

REPEITE A NATUREZA DA MULHER

 VOCÊ NÃO SUPORTA TPM?
ENTÃO, CASE-SE COM UM HOMEM.
MULHERES MENSTRUAM, CHORAM POR NADA, GOSTAM DE FALAR DO PRÓPRIO DIA, DISCUTIR RELAÇÃO...
SE QUISER VIVER COM UMA, PREPARE-SE

 

 

 

CÉREBRO FEMININO NÃO É UM MITO.


POR INSEGURANÇA, A MAIORIA DOS HOMENS PREFERE NÃO ACREDITAR NA EXISTÊNCIA DO CÉREBRO FEMININO.
ENTÃO, AGUENTA MAIS ESSA:
MULHER SEM CÉREBRO NÃO É UMA MULHER, MAS SIM UM MERO OBJETO DE DECORAÇÃO.
SE VOCÊ CANSOU DE COLECIONAR BIBELÔS, TENTE SE RELACIONAR COM UMA MULHER DE VERDADE. E CRESÇA COM ELA.

 

 

 

E, MUITO IMPORTANTE, NÃO CONFUNDA AS SUBESPÉCIES

 


MÃE É A MULHER QUE AMAMENTOU VOCÊ E O AJUDOU A SE TRANSFORMAR EM ADULTO.
AMANTE É A QUE O TRANSFORMA DIARIAMENTE EM HOMEM.
CADA UMA TEM O SEU PERÍODO DE IMPORTÃNCIA AO LONGO DE SUA VIDA.
TROCAR UMA PELA OUTRA, NÃO SÓ VAI PREJUDICAR VOCÊ, COMO DESTRUIRÁ O QUE HÁ DE MELHOR EM AMBAS.

 

 

ACEITE

 

MULHER TAMBÉM TEM LUZ PRÓPRIA E NÃO PRECISA DOS HOMENS PARA BRILHAR.
O HOMEM SÁBIO SABE QUE PRESERVANDO E CULTIVANDO A MULHER, ELE ESTARÁ SALVANDO A SI MESMO.

 

 

Enfim......MULHER é td de bom...rs....


:: Sábado , 13 de Junho de 2009 às 14h53
::  

 

 

Quero apenas cinco coisas..


Primeiro é o amor sem fim


A segunda é ver o outono


A terceira é o grave inverno


Em quarto lugar o verão


A quinta coisa são teus olhos


Não quero dormir sem teus olhos.


Não quero ser... sem que me olhes.


Abro mão da primavera para que continues me olhando.

 

Pablo Neruda

 

 

Someday, somewhere - anywhere, unfailingly, you'll find yourself,

 and that, and only that, can be the happiest or bitterest hour of

your life.....

 


:: Sexta-feira , 12 de Junho de 2009 às 00h50
::  

Valentine's Day

O dia 14 de fevereiro é o dia dos namorados para os americanos dos EUA e alguns países da Europa e Ásia. Chamado de Valentine's Day, é uma data para celebrar o amor. Foi criada para homenagear "St. Valentine", quem foi "St. Valentine"? Bom, isso ninguém sabe ao certo mas dizem que foi um religioso que ajudou a unir duas pessoas. Bem, essa é apenas uma das versões.

Nessa data, as lojas vendem cartões, as pessoas compram esses cartões ou escrevem cartas e oferecem a pessoa amada, não necessariamente namorado(a). As crianças por exemplo fazem seus cartões e entregam para professores, amigos, parentes. Normalmente os cartões são acompanhados de doces, flores, ou outros presentes mais elaborados.

No Japão as meninas dão presentes, invariavelmente chocolates, no dia 14 de fevereiro para um menino que elas gostam muito. Caso ele se interesse por ela, no dia 14 de março, chamado de White Day, haverá a retribuição.

No Brasil, como todos sabemos a data é outra, 12 de junho. Apesar de perder um pouco do seu romantismo e se tornar muito mais uma data comercial, para mim, o dia para celebrar o amor é hoje, amanhã, todo dia....SEMPRE!


FELIZ DIA DOS NAMORADOS.....NAMORADO!...rs


:: Quinta-feira , 11 de Junho de 2009 às 00h30
::  

 

 

 

 


:: Quarta-feira , 10 de Junho de 2009 às 22h03
::  

 

 

 

Chuvinha Boa!!!!......


:: às 14h37
::  



"Eu vou virar a própria mesa,
Quero uivar numa nova alcatéia,
Vou meter um "Marlon Brando" nas idéias,
E sair por aí,
Pra ser Jesus numa moto,
Che guevara dos acostamentos,
Bob dylan numa antiga foto,
Cassius clay antes dos tratamentos,
John Lennon de outras estradas,
Easy rider, dúvida e eclipse,
São tomé das letras apagadas,
E arcanjo gabriel sem apocalipse.

Nada no passado,
Tudo no futuro,
Espalhando o que já está morto,
Pro que é vivo crescer,
Sob a luz da lua,
Mesmo com sol claro,
Não importa o preço que eu pague,
O meu negócio é viver
..."


:: Terça-feira , 09 de Junho de 2009 às 22h38
::  


:: às 19h37
::  

 

Com uma vida tão curta,
com uma fonte de energia tão pequena,
é simplesmente estupidez desperdiçá-la com tristeza,
com raiva, com ódio, com ciúme.
Aproveite a vida com amor,
aproveite-a fazendo algo criativo,
com amizade, com meditação.
Faça com a sua energia algo que o eleve.
E quanto mais alto for,
mais fontes de energia estarão disponíveis para você.
No ponto mais elevado da consciência,
você é quase um deus.

OSHO


:: às 14h39
::  

Filhos dependentes devem obrigações

Filhos criados, trabalhos dobrados. Isso quem dizia era minha mãe, que dizia que era minha avó quem dizia e assim por diante. Gerações e gerações passam e os problemas continuam os mesmos. Como lidar com nossos filhos, que desde pequeninos lutam para fazer valer suas vontades e o pior é que vemos que muitas vezes, são apenas "birras". É um jogo de forças. A criança tenta, tenta até ver se consegue o que quer. Resta aos pais saber lidar com a situação e lhe mostrar o que é certo e o que é errado.



Porém, temos observado, muitos adolescentes tratando grosseiramente os pais e outros membros da família. Não suporto ver adolescentes ou jovens discutindo ou não respeitando os pais porque se acham os inteligentes os certíssimos. O que eles não vêem é que, enquanto dependerem financeiramente dos pais, devem obrigações sim. Têm que respeitar as ordens e as boas maneiras que os pais lhes ensinam. Não adianta bancarem os durões e senhores da verdade se não têm dinheiro nem para comprar suas próprias meias, calcinhas ou cuecas ou até um sorvete.

Se liga cara! Quem depende do dinheiro dos pais e ainda mora na casa deles, tem que obedecer as regras do bom comportamento. E sempre deverá ter respeito pelas pessoas que lhe deram a vida e tudo o mais que possui. A vida inteira é pouco para agradecer aos pais o que fizeram pela gente. Por isso: muito repeito!

BRUNO, RENAN E LUCAS.....

AMO-OS INCONDICIONALMENTE!

 


:: Segunda-feira , 08 de Junho de 2009 às 22h16
::  

 

 

 

 

 

Beijinhos e até amanhã..........

 

 


:: às 21h53
::  

Cada pessoa pensa e age de maneira diferente, elas podem até compartilhar pensamentos e atitudes, mas sempre o farão de maneira pessoal, única. Ao formarem um casal tal característica sofre uma espécie de variação, pois as pessoas passarão a se expressar como casal.  Suas personalidades tenderão a se fundir, o tipo de casal que elas formarão com o passar do tempo será uma troca, osmose ou soma de suas características pessoais mais marcantes, tal coisa lhes dará um perfil diferenciado dos outros casais, nessa matemática do amor 1 +1=1.
Duas pessoas que ao iniciarem uma vida juntas passaram a representar um tipo de casal na sociedade em que vivem. Veja alguns dos tipos mais conhecidos, você pode nunca ter ouvido esse tipo de definição antes, mas com certeza conhece algum casal assim.

 

Casal natureza

Adoram tudo que se relaciona a natureza, passeios, viagens, etc.

Sempre que podem vão buscar paz e tranqüilidade, lugares inexplorados, trilhas, campings. Praias desertas com lindas paisagens são seu sonho de passeio.

Casal night

Adoram a noite, festas, barzinhos, muita badalação. Estão sempre sendo convidados para eventos e se possível não perdem nada, adoram a noite e conhecer novos lugares e sempre sabem o que acabou de ser inaugurado.

Casal meu lar é meu descanso

Sua casa é tudo de bom, programa perfeito é a TV, DVDs de lançamentos, jantares íntimos, o conforto do lar.

Sair é sempre um compromisso, mas a volta ao lar é tudo de bom.

Casal tecnologia

Seus sonhos de consumo são sempre os últimos lançamentos do mercado, sabem de tudo sobre tecnologia.

Seu celular é tudo de bom, seu computador de última geração, seus investimentos estão sempre voltados às coisas que revolucionam o mercado.

Casal contas e planilhas

Tudo é contabilizado, são perfeitos organizadores, tem tudo sobre controle, sabem como gastar e poupar cada centavo que consta no orçamento doméstico.

Aproveitam a vida com organização. Sempre que fazem coisas como viagens, compras para casa, planejam antes.
São perfeito administradores de seus lares

E ai que tipo de casal você e seu parceiro formam?

 


:: às 14h56
::  

FESTAS JUNINAS: CULTURA, RELIGIOSIDADE E TRADIÇÃO


“Capelinha de melão / É de São João /
É de cravo, é de rosa / É de manjericão.
São João está dormindo / Não me ouve não /
Acordai, acordai / Acordai, João.”
Capelinha de Melão


Quem não conhece, dançou ou cantou esse refrão tão característico das Festas Juninas? Você se lembra da Noite de São João?


“Chegou a hora da fogueira
É noite de São João
O céu fica todo iluminado
Fica o céu todo estrelado
Pintadinho de balão....”
Chegou a hora da fogueira


Autor: Lamartine Babo


Festa de Junina que se preze tem caipira, quadrilha, baião, forró, casamento na roça, fogueira, balões, bandeirinhas e uma culinária característica repleta de pinhão, pamonha, canjica, bolo de fubá, pipoca e quentão. Características desse Brasil tão “caipira” e adorável!
A festança dos santos de junho
Antônio, João e Pedro são, até hoje, os santos mais populares do Brasil. Mas o que poucos sabem é que toda essa alegria remonta à Antigüidade, quando por toda a Europa festejos pagãos comemoravam no mês de junho o início do preparo da terra para o plantio. Hoje, a festança começa no dia 12, véspera de Santo Antônio, e termina no dia 29, dia de São Pedro. Mas o auge mesmo é a noite de 23 para 24, dia de São João Batista, o santo fogueteiro.


O começo de tudo
Para os povos da Antigüidade, junho era um mês especial. A primavera chegava ao fim e o verão se aproximava. E, com a nova estação, dias mais longos e quentes: época ideal para o plantio.
Solstício de verão. Em todo o Hemisfério Norte, junho é o mês do solstício de verão: a partir daí, os dias passam a ser mais longos e quentes – época ideal para preparar a terra para o plantio. Por ser um período do ano tão especial, o costume de festejar esse mês surgiu na Europa antiga, antes do cristianismo. Na Antigüidade, quando a ciência ainda não havia explicado o funcionamento do universo, as alterações no clima eram atribuídas à magia e aos deuses. Dias quentes e ensolarados, depois dos meses frios do inverno e dos dias amenos da primavera, eram considerados uma bênção divina. Assim, os povos daquela época criaram rituais para garantir a boa vontade e a bondade das divindades responsáveis por esses fenômenos.



:: às 13h39
::  

Saber Viver


Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar

Cora Coralina


:: Quinta-feira , 04 de Junho de 2009 às 18h38
::  

 

Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar.

Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa

 

TE AMO, MEU REIZINHO!!!


:: às 14h18
::  

 

Que frioooooooooooo é esse ???!!!.....


:: às 13h39
::  

Não Sei.......

"Não sei ... se a vida é curta
ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,
se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita.

Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja curta,nem longa demais
Mas que seja intensa
Verdadeira, pura ...
Enquanto durar"

Cora Coralina

 


:: Quarta-feira , 03 de Junho de 2009 às 22h43
::  

 

Tenho certeza que em algum momento da sua vida alguém chegou pra você e disse:

- Ah, terminei o namoro...

- Nossa, quanto tempo?

- Cinco anos... Mas não deu certo...acabou!

- É... Não deu...?

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou... as coisas tem começo meio e fim... E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

Não acredito em pessoas que se complementam....afinal, ninguém é fei to pela metade, ou é? Acredito em pessoas que se somam... E não temos esta coisa completa.

Agora, se ele ou ela não te quer mais, não force a barra, o outro tem o direito de não te querer... Não lute, não ligue, não dê pití... Se a pessoa tá com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não...Existe gente que precisa da ausência para querer a presença...

O ser humano tem dúvidas e medos mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta... Nada de drama. Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família?

O legal é alguém que está com você por você. E vice versa....não fique com alguém por dó também. Ou por medo da solidão...Nascemos sós. Morremos sós.... Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói.

Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração. Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo. E nem sempre as coisas saem como você quer... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver, se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias... Portanto não procure por elas... viva o que tem que ser vivido... Sem medos ... O medo é um dos piores inimigos do amor e da felicidade...

Arnaldo Jabor

 


:: às 15h25
::  

 conto "A Bela e a Fera" relata a história da filha mais nova de um rico mercador, que tinha seis filhos: três homens e três mulheres. Enquanto as filhas mais velhas gostavam de ostentar luxo, de festas e lindos vestidos, a mais nova, que todos chamavam Bela, era humilde, gentil, e generosa, gostava de leitura e tratava bem as pessoas.

Um dia, o mercador perdeu toda a sua fortuna, com exceção de uma pequena casa distante da cidade. Bela e seus irmãos aceitaram a situação com dignidade, mas as duas filhas mais velhas não se conformavam em perder a fortuna e os admiradores, e descontavam suas frustrações sobre Bela, que humildemente não reclamava e ajudava seu pai como podia.

Um dia, o mercador recebeu notícias de bons negócios na cidade, e resolveu partir. As duas filhas mais velhas, esperançosas em enriquecer novamente, encomendaram-lhe vestidos e futilidades, mas Bela, preocupada com o pai, pediu apenas que ele lhe trouxesse uma rosa.

Quando o mercador voltava para casa, foi surpreendido por uma tempestade, e se abrigou em um castelo que avistou no caminho. O castelo era mágico, e o mercador pôde se alimentar e dormir confortavelmente, pois tudo o que precisava lhe era servido como por encanto.

Ao partir, pela manhã, avistou um jardim de rosas e, lembrando do pedido de Bela, colheu uma delas para levar consigo. Foi surpreendido, porém, pelo dono, uma Fera pavorosa, que lhe impôs uma condição para viver: deveria trazer uma de suas filhas para se oferecer em seu lugar.

Ao chegar em casa, Bela, mediante a situação resolveu se oferecer para a Fera, imaginando que essa a devoraria. Ao invés de a devorar, a Fera foi se mostrando aos poucos como um ser sensível e amável, fazendo todas as suas vontades e tratando-a como uma princesa. Apesar de achá-lo feio e pouco inteligente, Bela se apegou ao monstro que, sensibilizado a pedia constantemente em casamento, pedido que Bela gentilmente recusava.

Um dia, Bela lhe pediu que Fera a deixasse visitar sua família, pedido que a Fera, muito a contragosto, concedeu, com a promessa de ela retornar em uma semana. O monstro combinou com Bela que, para voltar, bastaria colocar seu anel sobre a mesa, e magicamente retornaria.

Bela visitou alegremente sua família, mas as irmãs, ao vê-la feliz, rica e bem vestida, sentiram inveja, e a envolveram para que sua visita fosse se prolongando, na intenção de Fera ficar aborrecida com sua irmã e devorá-la. Bela foi prorrogando sua volta até ter um sonho em que via Fera morrendo. Arrependida, colocou o anel sobre a mesa e voltou imediatamente, mas encontrou Fera morrendo no jardim, pois essa não se alimentara mais temendo que Bela não retornasse.

Bela compreendeu que amava a Fera, que não podia mais viver sem ela, e confessou ao monstro sua resolução de aceitar o pedido de casamento. Mal pronunciou essas palavras, a Fera se transformou num lindo príncipe, pois seu amor colocara fim ao encanto que o condenara a viver sob a forma de uma fera até que uma donzela aceitasse se casar com ele. O príncipe casou com Bela e foram felizes para sempre.


:: às 23h03
::  

Boa noite....Good Nigth...Bons Sonhos....até amanhã!!!

Beijinhos...

 


:: Terça-feira , 02 de Junho de 2009 às 22h42
::  

“É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas”....

Ela começou a crescer, parecia vir do nada. Ficou horas se arrumando e ajeitando suas pétalas... E é linda! Mas também orgulhosa, caprichosa e contraditória.

O pequeno príncipe apaixona-se e vive para atender aos seus caprichos: um lanchinho, o para-vento, uma redoma. Mas ela nunca está satisfeita e o nosso herói decide partir.

Embora pareça contraditória, entre caprichos e sabedoria, a rosa é extremamente feminina e sedutora. Por isso, cativa o coração do principezinho.


 


:: às 21h00
::  

Fogo: Áries, Leão e Sagitário


Quem é regida pelo signo do fogo é ardorosamente sensual. É uma mulher que gosta de sentir o cheiro do companheiro e explorar cada parte do seu corpo. Sempre fala o que vem à mente. Tem o poder de seduzir usando roupas.
Ousada, não tem receio de tomar certas atitudes quando estão juntos em lugares públicos, pois adora ser observada. Tem predileção pela cor vermelha, gosta de lingeries minúsculas e está sempre perfumada.
Vaidosa, depois do banho, passa cremes pelo corpo todo. Adora estar com um aspecto de pele bronzeada, de pessoa saudável. Para ela, não existe hora marcada para amar seu parceiro.
Não recusa um drive-in para um namoro rápido. Está sempre lendo contos eróticos, procurando sites que ajudam a criar fantasias, visitando salas de bate-papo onde pode explorar sua sexualidade sem ser molestada.
Regida pelo fogo, não demora para esquentar as turbinas. Adora caprichar nas preliminares. O seu elemento revela que deseja ter as rédeas do jogo da sedução nas mãos........yes..rs..


:: às 02h22
::  

"Extraordinário e misterioso, ele vive em um planeta muito pequeno.

Lá, um dia, apareceu uma flor..."

 

 


“É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas..."

(Rosa)

*-*-*-*-*-*

“As pessoas grandes aconselharam-me deixar de lado os desenhos de jibóias abertas ou fechadas.”

(Piloto)

*-*-*-*-*-*

"É preciso exigir de cada um o que cada um pode dar"

(Rei)

*-*-*-*-*-*

"Mas o vaidoso não ouviu. Os vaidosos só ouvem elogios."

(Vaidoso)

*-*-*-*-*-*

“– Por que é que bebes?
– Para esquecer.
– Esquecer o quê?
– Esquecer que eu tenho vergonha.
– Vergonha de quê?
– Vergonha de beber!”

(Bêbado)

*-*-*-*-*-*

“– E de que te serve possuir as estrelas?
– Serve-me para ser rico.
–E para que te serve ser rico?
– Para comprar outras estrelas, se alguém achar.”

(Homem de Negócios)

*-*-*-*-*-*

"Aí é que está o drama! O planeta de ano em ano gira mais depressa, e o regulamento não muda!"

(Acendedor de Lampiões)

*-*-*-*-*-*

“É muito raro um oceano secar, é raro uma montanha se mover...."

(Geógrafo)

*-*-*-*-*-*

"Mas sou mais poderosa do que o dedo de um rei.”

(Serpente)

*-*-*-*-*-*

“Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

(Raposa)

 

 

 

“- Os homens do teu planeta, disse o principezinho, cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim... e não encontram o que procuram...

- Não encontram, respondi...

- E no entanto o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa, ou num pouquinho d'água...

- É verdade.”

 

 

*-*-*-*-*-*

 

So Long!

 


:: Segunda-feira , 01 de Junho de 2009 às 22h06
::  

Já trocou a página da folhinha?


Helloooo, 01 de junho!!

 


Chegou o mês mais adocicado e apaixonado do ano!!

 



:: às 15h37
::  

  SOU LOIRA, E DAÍ ??!

 

Acho que tenho senso de humor portanto as anedotas das loiras burras até me fazem rir.
Além de que existem milhares de anedotas de alentejanos em que eles aparecem sempre como moles e preguiçosos, e no entanto, filha, neta, bisneta e por aí fora de alentejanos sei bem como isso é mentira.
E quando dizem que os algarvios escondem o almoço na gaveta quando alguém lhes bate à porta? Mentira: são do mais hospitaleiros que existe.
Sou loira?
Nunca me ralei com isso.
Dá até um certo jeito. Quando não me quero chatear à séria com alguém, viro as costas com ar desplicente e digo: Deixe lá, não se incomode. Isto sou que digo, mas eu sou loira!
Só que, imaginem vocês que agora até há salas de chat só para morenas!
Pois é. Parece-me que isso é inconstitucional, mas como loira superficial que sou, isso não me aquece nem arrefece até porque nunca andei metida nesses antros de pecado.
Mesmo assim, quando tal descobri resolvi fazer uma pesquisa na tentativa de saber porque têm as morenas este parti pris contra as loiras.
Ora vejam bem as conclusões a que cheguei:
Um estudo histórico feito pela inglesa Joanna Pitman e transformado no livro On Blondes (Sobre as Loiras), que acaba de ser publicado na Inglaterra, mostra que "As loiras sempre foram vistas como criaturas ao mesmo tempo inocentes, poderosas e produtos de uma intrigante combinação de fantasia sexual e imagem angelical", diz Pitman.
Ah, e não pensem que a escritora é uma loira burra, porque o livro deu origem a uma Exposição que decorre em Londres, até Julho, na muito conceituada National Portrait Gallery.
Ora bem, onde já se viu uma exposição de morenas? Pois é.
Desde a grega Afrodite, deusa do amor e da fertilidade, que as loiras estão sempre perto do poder e é mais freqüente encontrá-las metidas em eventos históricos do que às morenas.
Na Idade Média, na Europa, as mulheres loiras simbolizavam a tentação em pessoa.
No meio do século XIV, Eva aparecia de cabelos claros na arte cristã. O mesmo ocorreu com Maria Madalena.
No fim da Idade Média, foi a vez de a Virgem Maria aparecer sem véu e de cabelos claros.
Nessa época, a conotação dos cachos reluzentes nada tinha a ver com sexualidade e tentação, mas, sim, com a pureza inquestionável do ouro.
"Ser loira não é apenas ter essa cor de cabelo, é um estado de espírito" afirmou há tempos Madonna, e se ela o diz, quem sou eu para contradizê-la?
O loiro não foi associado apenas à sedução e à pureza, mas também ao poder. Como nota Pitman, a inglesa Margaret Thatcher, que tem os cabelos originalmente castanhos, passou a clareá-los ao assumir o cargo de primeira-ministra. Burra? Nah...
A senadora americana Hillary Clinton deixou para trás os cabelos castanhos durante a disputa eleitoral que levou seu marido, Bill Clinton, pela primeira vez à Casa Branca. A descoloração causou bom impacto e foi elogiada.
Não estou a falar do rabo da senhora, mas sim do tom do cabelo, e hão-de convir comigo, que de burra ela não tem nada.
Os canadianos tratam as mulheres, em tom carinhoso, por " ma blonde". Deve ser por isso que tive um namorado que me chamava "mon petit poussin à la créme". Não acham uma delícia?
Tenho duas amigas, comigo somos três, ( estão a ver, sei fazer contas de somar...), eu loira, uma morena e outra a quem o marido chama de " mais-ou-menos ". É uma risota sempre que saímos, porque ele não nos chama pelos nomes, mas por Loira, Morena e Mais ou Menos.
Agora, topem bem quem me acompanha na Galeria de Loiras Burras:
GRACE KELLY A actriz lindíssima, que só casou com o príncipe Rainier de Mónaco em 1956.
TWIGGY a modelo inglesa se tornou o símbolo de sua geração nos anos 60.
LADY DI a mulher mais fotografada do planeta .
MADONNA, Nicole Kidman, Doris Day, Sharon Stone, Kim Basinger, bem, acham que vale a pena continuar?
Não, né?


:: às 14h08
::  

( Essa música meu caçula Lucas cantou pra mim no Dia das Mães, a alguns anos atras...

e até hoje quando escuto, chorooooo....rs...pq é linda, e ele cantou me olhando no palco da escola, e eu

lá embaixo chorando e mal conseguindo tirar as fotos...rs...TE AMO meu maluquinho e que saudadessss de vc

tão pequeno e tão danado!!!.....Love you so much! )

 

 

Como é Grande o Meu Amor Por Você

Roberto Carlos

 

Eu tenho tanto
Prá lhe falar
Mas com palavras
Não sei dizer
Como é grande
O meu amor
Por você...

E não há nada
Prá comparar
Para poder
Lhe explicar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nem mesmo o céu
Nem as estrelas
Nem mesmo o mar
E o infinito
Não é maior
Que o meu amor
Nem mais bonito...

Me desespero
A procurar
Alguma forma
De lhe falar
Como é grande
O meu amor
Por você...

Nunca se esqueça
Nem um segundo
Que eu tenho o amor
Maior do mundo
Como é grande
O meu amor
Por você...

Mas como é grande
O meu amor
Por você!...


:: às 13h50
::  

"The time of my life"

 

 

Eu acordei, e simplesmente tinha que pintar as portas e batentes da minha casa.

Culpa das coisas brancas, que amarelam com o tempo. Sou uma pessoa feliz, que tem só esse tipo de preocupação em sábados pela manhã.

Fiz um café e mergulhei no mundo da Suvinil e da Coral. Minhas prioridades nesse dia eram, então, futilidades do meu pequenino lar.
Depois de estudar o círculo cromático e descobrir que azul + amarelo + vermelho dá cinza neutro, me peguei pensando em trocar minha geladeira, meu fogão, minha batedeira e minha sanduicheira - todos levemente amarelados também. Isso me levou a outros sites, inúmeros e infinitos sites. Cheguei então a esse que vendia desde arpão portátil para pesca submarina até cadeirinha de bebê para carro com estampa de zebra. Bastaram dois cliques e eu já tinha adquirido coisas: o DVD de “Dirty Dancing” e um curso de francês. Sou uma pessoa influenciável, com esse tipo de impulsividade. Cabiam melhor no meu bolso do que uma geladeira de duas portas com dispositivo para gelo moído ou um fogão de cinco bocas cor de abóbora, pelo qual me a-p-a-i-x-o-n-e-i.
Por volta das cinco da tarde, as coisas velozes chegaram.
Chovia, e estava frio. A programação não conseguiria ser outra, a não ser sofá, Cabernet e “Dirty Dancing”. Curso de francês? Domingo.
Ajeitei-me, ajeitei minha amiga cachorra, ajeitei minha amiga taça de vinho.
E o filme começou...
“The night we met I knew I… Need you so…”
Déjà vu. Se é que isso é o que eu acho que isso seja sem nunca ter estudado francês.
Lugar por demais saudoso: eu estava no meu universo paralelo, e a família de “Baby” chegava ao hotel fazenda nas montanhas.
Como eu vivia bem ali. Mundo dentro da minha cabeça, mais divertido, confortável e coerente do que o mundo real fora dela. Passei muito tempo lá. Sorte... Os níveis dessa fecundíssima imaginação não chegaram às raias da neurose. Não cheguei e me tornar uma pré-adolescente perturbada.
“Baby”, escondida atrás de uma porta, via Johnny pela primeira vez, quando este chegava para uma reunião do staff do hotel.
O universo paralelo... Existia, basicamente, para sublimação das paixões imaginárias. E eu sempre as tive, tive tantas e tive sempre. E sempre fui tão diferente do meu grupo de amigas ‘pés-no-chão’ quando se tratava disso, com uma exceção ou outra.
Tudo começou com Indiana Jones, aos nove anos. Precoce. Eu acreditava: haveria, no futuro, um “Indiana” de verdade para cada uma de nós que o amávamos (não éramos poucas). Um homem perfeito com quem nos casaríamos e com quem moraríamos em uma casa mobiliada num estilo afro-indiano, provavelmente em Nova Delhi ou no Cairo.
A fase era homem com cara de homem, e de preferência o mesmo homem. Então foi a vez de Han Solo. Eu sempre a Princesa Lea da brincadeira, garantia assim a contracena com o Han imaginário. Meses sendo Princesa Lea. E eu detestava aquela mulher! Não sobravam muitas outras personagens femininas para as outras amigas interpretarem. Ninguém queria ser o Chubaca. Acabávamos emprestando personagens femininas de outros filmes. Billy Jean, Christiane F., Dafne, Kate Mahoney. Eu, romântica, só me importava em terminar com o Han. Era seu rosto que eu via quando beijava o peito da minha mão.
“Baby” substituía Penny na apresentação de mambo do hotel vizinho... E já queria (muito) dar para Johnny.
“Hungry eyes.... One look at you and I can’t disguise I’ve got…”
O carinha de “A Lagoa Azul”, Ferris Buller, Daniel San, Nô, Robbie Lowe, Dylan, Marty McFly, Brandon, Rico e Rei, Donnie Wahlberg... E Johnny! Patrick Swayze! Patrick Swayze e toda sua ginga! Patrick Sywayze e seu super maxilar. Patrick Swayze e seu cabelo anos 1950. Patrick Swayze e seus braços de Patrick Swayze. Ah, nossos “padedês”… Ele era tão forte, me erguia lá no alto, me segurava lá no alto, por causa dele eu adorava Righteous Brothers, por causa dele eu quase morri de chorar em “Ghost”. Que atire a primeira sapatilha furada a menina (do tipo que dançava ballet ou jazz nos anos 1980) ou o menino titubeante que não se derreteu com aquele bailarino-macho dançando daquele jeito impudico e que não tenha criado um universo paralelo só para ele!
Um dia, acho que foi quando brinquei de “salada de fruta” pela primeira vez, aconteceu: eu deixei o universo paralelo. Cairia Platão, enfim, para um segundo plano? Dei-me conta de que as pessoas tinham boca, e que eu não dependeria para sempre do peito da minha mão.
Ah, claro que não foi assim tão simples. As coisas se misturaram: o primeiro selinho foi no vizinho que era a “cara” do Patrick Swayze; o primeiro beijo (de língua) foi no namoradinho, “cara” de Johnny Depp (momento de muita surpresa, já que Indi e Han não me beijavam daquele jeito, quase afoito); apaixonei-me pelo menino mais lindo da cidade, sósia de Donnie Walhberg. Uma boba, uma boba viciada em Platão. Era só o mesmo mundo paralelo, fantasiado de real.
E o tempo passou. E eu acordei com quase trinta, pensando nas coisas amareladas por culpa dele. E todos esses amores do passado estão no meu colo, me trazendo ao mesmo tempo aquela sensação que todo mundo esconde por vergonha - o saudosismo do passado - e uma certa condição de vida besta, de nostalgia do mundo paralelo que eu deixe para trás.
Agora “Baby” já era Frances Houseman, e o letreiro subia.
“Oh I, had, the time of my life...”
E eu quase quero sair dançando ao som da música. Não sou mais baby, aliás, faz tempo que sou Frances. Mas não se engane, moça romanesca, não foi nessa noite que você voltou ao seu universo paralelo. Teve sempre um pezinho lá e continua tão lírica e continuamente dependente dessas coisas fantásticas - escrava das memórias boas, sejam elas reais ou inventadas - quanto quando aos onze anos.
Talvez os níveis dessa fecundíssima imaginação tenham finalmente chegado às raias da neurose.
Pois “Dirty Dancing” termina...
E Indiana que me ache!
Venha e bata na minha porta amarelada.
Para avisar que chegou.




Histórico:
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/05/2009 a 31/05/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009