:: Segunda-feira , 30 de Novembro de 2009 às 22h15
::  

Helloooo Pipol.....

Após um longo período em exílio estudantil.....rs

Cá estou de volta!

Fim de curso, férias....e

Mto feliz...com os resultados....e Feliz da Vidaaa....

 

E pra "festejar" td isso...um Texto de Paulinho Coelho...

o mago dos magos...

E é isso aí....2009 foi-se...e que venha 2010!!!!!!

VIVA O SEU PRESENTE !

Todos nós já tivemos, de uma maneira ou de outra, experiências difíceis na vida. Isto faz parte de nossa viagem por esta Terra – e embora muitas vezes pensamos que “as coisas podiam ter acontecido de outra maneira” - o fato é que não podemos mudar nosso passado.

Por outro lado, é uma mentira pensar que tudo que nos acontece tem o seu lado bom; existem coisas que deixam marcas muito difíceis de superar, feridas que sangram muito.

Como, então, nos livrarmos de nossas experiências amargas?

Só existe uma maneira: vivendo o presente. Entendendo que, embora não possamos mudar o passado, podemos mudar a próxima hora, o que acontecerá durante à tarde, as decisões a serem tomadas antes de dormir.

Como diz o velho provérbio hippie: “hoje é o primeiro dia do resto da minha vida”.


:: Quinta-feira , 26 de Novembro de 2009 às 20h51
::  

Oieeee......

Em semana de prova...estudando...estudando.....

Em breve volto a postar!!

 

Saudades daqui!!!


:: Terça-feira , 17 de Novembro de 2009 às 22h53
::  

O SENTIDO DA VIDA!

Sempre é preciso saber


quando uma etapa chega ao final.

Se insistirmos em permanecer nela
mais do que o tempo necessário,
perdemos a alegria
e o sentido
das outras etapas que precisamos viver.

Encerrando ciclos,
fechando portas,
terminando capítulos,
não importa o nome que damos.
O que importa é deixar no passado
os momentos da vida que já se acabaram.

Foi despedido do trabalho?
Terminou uma relação?
Deixou a casa dos pais?
Partiu para viver em outro país?
A amizade tão longamente cultivada
desapareceu sem explicações?
Você pode passar muito tempo
se perguntando por que isso aconteceu.
Pode dizer para si mesmo
que não dará mais um passo
enquanto não entender as razões
que levaram certas coisas,
que eram tão importantes e sólidas em sua vida,
serem subitamente transformadas em pó.

Mas tal atitude
será um desgaste imenso para todos:
seus pais, seu marido ou sua esposa,
seus amigos, seus filhos, sua irmã...
Todos estarão encerrando capítulos,
virando a folha,
seguindo adiante,
e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo
no presente e no passado,
nem mesmo quando tentamos
entender as coisas que acontecem conosco.

O que passou não voltará:
não podemos ser eternamente meninos,
adolescentes tardios,
filhos que se sentem culpados
ou rancorosos com os pais,
amantes que revivem
noite e dia
uma ligação com quem já foi embora
e não tem a menor intenção de voltar.

As coisas passam
e o melhor que fazemos
é deixar que elas realmente possam ir embora.

Por isso é tão importante
(por mais doloroso que seja!)
destruir recordações,
mudar de casa,
dar muitas coisas para orfanatos,
vender ou doar os livros que tem.

Tudo neste mundo visível
é uma manifestação do mundo invisível,
do que está acontecendo em nosso coração
e o desfazer-se de certas lembranças
significa também abrir espaço
para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora.
Soltar.
Desprender-se.
Ninguém está jogando
nesta vida com cartas marcadas.
Portanto, às vezes ganhamos e às vezes perdemos.

Não espere que devolvam algo,
não espere que reconheçam seu esforço,
que descubram seu gênio,
que entendam seu amor.

Pare de ligar sua televisão emocional
e assistir sempre ao mesmo programa,
que mostra como você sofreu com determinada perda:
isso o estará apenas envenenando
e nada mais.

Não há nada mais perigoso
que rompimentos amorosos que não são aceitos,
promessas de emprego
que não têm data marcada para começar,
decisões que sempre são adiadas
em nome do "momento ideal".

Antes de começar um capítulo novo
é preciso terminar o antigo:
diga a si mesmo que o que passou,
jamais voltará.

Lembre-se de que houve uma época
em que podia viver sem aquilo,
sem aquela pessoa...
Nada é insubstituível,
um hábito não é uma necessidade.

Pode parecer óbvio,
pode mesmo ser difícil,
mas é muito importante.

Encerrando ciclos.
Não por causa do orgulho,
por incapacidade, ou por soberba.
Mas porque simplesmente
aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Feche a porta,
mude o disco,
limpe a casa,
sacuda a poeira.

Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é!

 

 

BEIJOS


:: Terça-feira , 03 de Novembro de 2009 às 23h23
::  

PRINCÍPES X CAFAS

Por que temos a impressão que preferimos os cafas? Já questionamos isso por aqui, por diferentes focos, mas definitivamente é um assunto que não se esgota.

Veja bem:

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, mulher NÃO gosta de sofrer! E é justamente por isso que normalmente nos apaixonamos por eles. Cafa que é cafa − diferente dos canalhas − não é odiado pelas mulheres, e nos fazem felizes, sim, mesmo que seja enquanto dure.

Mulheres sonham com o príncipe, que seria o homem perfeito. O homem fiel, sensível, que discute relação com a maior atenção, e claro, que seja, por favor, bom de cama. Daí que outro dia um amigo disse que se acha um cara legal, o típico príncipe, que faz de tudo pela namorada, é gentil, amoroso, não-grudento, e no entanto teve o desgosto de ficar sozinho recentemente. Não entende porque ela não lhe quer nem num cavalo branco. Homens como ele costumam ter o discurso bonzinho-só-de-fode ou mulher-é-tudo-puta. Às vezes nós mesmas temos crise de consciência e perdemos horas do nosso sono ensaiando palavras para explicar às pessoas (sim, porque elas se metem) que ele era um fofo, sim, mas que não éramos felizes e pronto.

Não entremos em detalhes sobre o príncipe que sonhamos, porque tenho certeza que a maioria já teve um, mas que inexplicavelmente jogou fora. O que vocês precisam saber é o que estão procurando. Então, meninas, prestem atenção: vocês não sonham com um príncipe. Vocês sonham com cafas perfeitos! Vocês não buscam homem perfeitos. Vocês buscam homens que façam com que vocês se sintam mulheres perfeitas! As mais bonitas, as mais cheirosas, as mais gostosas, as mais inteligentes…e eles nem precisam ligar o dia inteiro para que vocês tenham certeza disso.
(Tá, mas pode ligar um pouquinho só para confirmar.) ;-)

O problema do cafa é que todas são maravilhosas. Nos sentimos únicas, mas para ele todas são magnificamente iguais. Todas são apaixonantes. Ele nunca vai terminar com você… Não de forma que você perceba. Ele nunca vai te dar um sorriso amarelo no dia seguinte e nem dizer que nunca te prometeu nada. As desculpas até podem ser meio esfarrapadas, mas ele arruma um jeito de fazer você rir e lembrar o quanto é bom estar com ele. Não sei qual é a fórmula, mas sei que é mais ou menos assim que funciona.

Acredito que os cafas realmente se apaixonam por suas mulheres, mas falta neles algo que só o príncipe tem: o companheirismo. E é aí que nossa carruagem vira abóbora. Cafas não servem para ouvir seus problemas e odeiam momentos em família. Momentos com eles são ótimos, e a gente erra quando precisa que esses momentos se tornem uma vida inteira.

Mas tenho uma teoria: a mesmice acaba com qualquer perfeição. Um príncipe sempre será encantador, mas cavalo branco todo dia é super boring. O cafa oferece ser feliz enquanto dure, e toda vez a gente acha que vai ser feliz para sempre. Uns acham que seja uma felicidade ilusória, mas acredito em felicidade mesmo quando não foi exatamente do jeito que a gente quis. O importante é ter certeza que valeu a pena sempre....

 

 




Histórico:
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/11/2010 a 30/11/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/09/2010 a 30/09/2010
- 01/08/2010 a 31/08/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/12/2009 a 31/12/2009
- 01/11/2009 a 30/11/2009
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/05/2009 a 31/05/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009